Esse sábado ( algum dia de dezembro de 2009) fomos trabalhar na festa do Sindicato dos servidores da saúde se sjc e região, e a festa foi mara e blábláblá, porem não é sobre isso que eu quero postar (quem sabe outra hora).

Então vamos a parte que interessa, eu vender minha alma mais uma vez ao meu amigão Buda.Foi mais ou menos assim…

Era um lindo dia de verão, e o sol estava lindo, tão azul (?) , ok ok, mentira vamos contar essa coisa direito, depois de um dia de trabalho lá no cisnei real parque, eu, o Felipe e o Renan, tinhamos que voltar para os nosso lares pois tinhamos prova no dia seguinte, e obviamente voltamos na alegria maior de ser pobre, fomos pegar o busão! \o\

Mas sabe o que é um busão lotado? Não quero dizer lotado mesmo, mesmo, mesmo mesmo mesmo mesmo mesmo!Tipo um microonibus para todo o povo que foi ao cisne real parque (não é propaganda tá) , tipo gente pra caraca – não posso falar palavrão aqui, mas imaginei um bem parecido com esse.

E bem não tinha nenhuma indicação de como ele ia passar, aonde ele ia parar e sequer se íamos conseguir embarcar. Eis que tive uma ideia. Buda, sempre ele, meu herói de plantão. ofereci uma alma.

E ele proporcionou a tiazinha do geladão para nos ajudar…(não ria é sério). Ela surge do nada com seus geladões e nos dá o conhecimento necessário de onde o ônibus ia parar, que ônibus era, até mesmo o horário, e disse que não ia contar para mais ninguém.

E eis que, ela tava certa, o ônibus veio, parou aonde ela disse que ia parar e pior ainda, aonde nos estávamos esperando inicialmente…Ele não parou. 0.0

E assim nos conseguimos.

perdi uma alma, conheci a enviada de Buda na terra – Tia do geladão – e enfim cheguei em casa a tempo de ir fazer prova no dia seguinte e ser feliz no msn…

See Ya

P.S. Juro tentar atualizar isso aqui com mais regularidade.

Anúncios

Gente contarei aqui alguns contos da época de colegial (principalmente dos dois ultimos semetres nos quais eu aprontei por toda a minha vida letiva)

Vamos ao primeiro…Alias é um dos quais eu mais me orgulho…O dia que eu subi num palanquezinho da escola ligeiramente alcoolizado, cheirando a vinho barato e cigarro, e o melhor todo mundo me aplaudindo pelo fato de eu ter sido a “melhor nota no simulado do Enem da escola”…

Vamos começar do inicio…Eu fui a melhor nota do enem, ou melhor fui a segunda melhor nota, mas eu tinha uma professora que fez questão de deturpar tudo e me tornar a melhor nota da escola, isso na frente da menina que tinha sido a 1ª colocada…E sendo assim eu e a menina em questão iriamos num dia que teria uma festa na escola ser homenageados.

Obviamente que eu, provetei e bebi um pouquinho ( \), comprei um heineken, e para completar tomei um vinho barato que os meus colegas haviam comprado (pobre é o Ò, mas fazer o que neh), então vcs imaginam o meu maravilhosooooo bafo de alcool neh?! *-*

E para completar na epoca eu fumava! Ou seja tava um maravilha!E como não podia deixar de ser meu amiguinho Felipe estava comigo, but o maldito não ia receber porra nenhuma então ele tava tipo pouco se lixando, sem falar que ele é mais controlado do que eu em varios aspectos.

Mas como não podia deixar de ser eui tentei disfarçar meu halito com balinhas mil e subi no palco todo alegre e pimpão! \o\

E enquanto minha colega 9 e verdadeira vencedora recebia um par de bijuterias ( tão 1,99) eu ganhei uma camiseta, ate que bonitinha ^^

E todos sabiam né,  que tipo o cara que tirou a melhor nota do enem, anda com o pessoal estranho ( que nesse dia se apresentaram com sua estranha bandinha\ tava mara), e bebeu antes de receber esse troço. xD

E assim foi o meu dia de “sou um malandro, mas sou phodão” ^^

E o pior é que quanto mais eu aprontava mais eles me respeitavam, mas essa é uma outra historia…

Sim, eu tenho um lado religioso!!!!!

Sim, eu tenho um pé no lado Divino da força!!!!

Sim, eu tenho um amiguinho com poderes!!!!!

Pórem como nada é perfeito meu amiguinho só me ajuda se eu der minha alma a ele na proxima encarnação, e obviamente estou totalmente endividado (isso que dá contar com a sorte [ ou com os poderes divinos]).E mais uma vez como nada é perfeito meu amiguinho (infelizmente [ espero que não tenha internet no além para ele ler isso…]), não é o nosso velho camarada J.C (Jesus meus caros…), mas sim o gordinho mais simpatico de todo o universo (já deixo claro que não é o JÔ Soares tah) o Tio Budaaaaaaaaaaaaa

Então só para vocês entenderem….Toda vez que eu não tenho mais escapatoria de uma desgraça eu apelo para ele mais ou menos assim:

Eu – Então Buda…ajuda eu vai…?

Buda –

Eu – Qualé Buda quebra essa galho para mim poxa….

Buda –

Eu – ta bom eu te prometo uma reencarnação pode ser?

Depois disso a coisa acontece…(medo)E lá vou eu perder mais uma encarnação xD

Obvio que há outros episodios mas esse é mais para ilustrar que eu realmente me ferro se não nessa na proxima vida…Já estou devendo a ele umas 3 encarnações…Acho que tá na hora de começar a prometar a vida dos outros..

Bem é isso até a proxima, cuidado comigo e com meus contatos(Fica a dica)

See you space cowboy – Mai Yamane

“Tudo já está terminado”
Você diz tampando as orelhas
As palavras somente fluem
em direção a um amanhã sem paz

Na noite em que as orações desaparecerem
No que você irá acreditar e para onde você irá?
Uma estrela cadente da cor de lágrimas passa agora como se tivesse rindo de mim

“Não há nada para mudar”

Mesmo se minha vida terminar
Esse amor não irá desaparecer
É algo que irá durar para sempre
Mesmo em sonhos escondidos na escuridão
Eu tenho um arco-íris
Em minhas mãos…

A voz que cruza o interior do meu peito
Me diz que há também coisas que não irão mudar ou desaparecer
Na manhã em que oramos diante da verdade

Amor irá retornar aqui mais uma vez

Amor nunca morre
Amor nunca finge
Amor nunca se extingue

Se algum dia minha vida terminar
Esse amor não irá desaparecer
É algo que dura para sempre
Escapando da escuridão

Quando nós passamos da ilusão
Congelada no tempo
No outro lado do arco-íris, o amor estará esperando
E milhares de luzes estarão esperando

Você tem um arco-íris
Arco-íris em suas mãos…

Aeh finalmente o tem início as nossas atividades no blog!

Eu sou o Neto (dããããã), e pretendo junto com o Felipe contar as estórias divertidinhas de nossas andanças pela cidade. Acredito que eu vou postar mais o que ele, mas mesmo assim será divertido.

Pretendo ser sarcástico (adoro), mal e realmente divertir a todos que lerem nossas peripécias! E outra coisa (mudando de personalidade), temos umas concorrentes por ai sabe… Elas que estejam avisadas que nós vamos ganhar \o/

Mas enfim acho que é isso mesmo… ~.~

Primeiro post sempre é uma merda mesmo então tudo bem!

Até a próxima povo!